Sobre legalização

bagunça

Um empreendimento de sucesso deve ser legalizado. Quando o produtor vende sua cachaça, isso quer dizer que sua produção deixa de ser um hobbie ou tradição, e passa a ser uma atividade comercial. E como toda atividade comercial, ela deve se enquadrar na legislação vigente, do contrário, o produtor estará em situação irregular, se tornando sujeito a penalidades. Nós já fizemos uma publicação sobre legalização que vale a pena a leitura. Para saber mais sobre este processo, basta clicar aqui.

Devemos lembrar que a maioria dos produtores se sente desanimado em legalizar seu empreendimento por causa dos tributos. Mas calma que agora isso vai mudar.

Como se sabe, a cachaça retornou ao Simples Nacional. E o que isso quer dizer? Pensa comigo: só em Minas Gerais existe uma produção de cachaça de, aproximadamente, 220 milhões litros por ano. Este volume, que passa a encaixar no simples novamente, significa um incentivo para a legalização os alambiques, e, consequentemente, um maior investimento nos processos de produção de uma bebida de qualidade.

Sobre certificação

legislacao

O sonho de todo produtor de cachaça é vender uma bebida de qualidade. Porém, de quê adianta seguir todos os processos de boas práticas, ser extremamente cuidadoso com todas as etapas da produção, gerar uma caninha com características sensoriais impressionantes, e não poder provar isso ao consumidor? Como se sabe, hoje em dia o consumidor de destilados começou a entender que a cachaça também merece respeito e apreciação, logo, ele procura por produtos que possam garantir a ele, antes do consumo, que o que ele está bebendo é de qualidade superior às demais. A única maneira de transmitir isso ao apreciador é por meio da certificação.

Então não perca mais tempo e pesquise mais em como certificar sua cachaça. Aliás, nós já fizemos uma publicação que pode te direcionar bem sobre esse assunto. Quer saber mais sobre os motivos pelos quais você deve certificar seu alambique, e como fazê-lo? Basta clicar aqui.

Sobre usar e abusar de sua capacidade de produzir a cachaça

Um produtor que se preze deve sempre valorizar todas as possibilidades que a produção da cachaça o fornece. Por ser uma atividade extremamente rentável, aproveite o máximo dela! As práticas sustentáveis desta produção, por exemplo, evitam o desperdício de material e dinheiro. Pequenos detalhes como reaproveitamento de vinhoto e da cabeça e cauda da cachaça fazem com que o produtor tenha um diferencial de método com relação aos demais alambiques. Aliás, já escrevemos sobre práticas sustentáveis neste universo da cachaça. Se quiser dar uma olhada, basta clicar aqui.

 

Sobre dominar as técnicas de uma produção de qualidade

alambiquinho-1

Um manual de boas práticas não foi feito para enfeitar uma estante. Um bom produtor de cachaça deve estar sempre atento a TODAS as etapas de produção de sua cachaça, desde a colheita, até o envasamento e engarrafamento. Lembre-se de como a higienização de cada etapa é extremamente importante para um produto final de bom gosto e qualidade, e nunca subestime os controles de qualidade necessários. Certa vez decidimos passar algumas dicas aos nossos leitores para que eles consigam produzir uma cachaça melhor. Quer saber mais? Clica aqui.   

Sobre a importância da tecnologia na produção

mundo

Existem pessoas que costumam ser resistentes sobre a tecnologia e suas adaptações durante o processo de produção da cachaça. Isso não significa que o produtor tenha más decisões, afinal, tudo é uma questão de escolha. Porém, é importante lembrar que a tecnologia sempre se associará a bons índices de produtividade e controle de atividades. Situações como a implantação de internet no alambique e automatização de coleta de dados da produção facilitam a vida do produtor, e dos funcionários do engenho. Nós já falamos um pouquinho sobre tecnologia em uma publicação que apresenta 7 dicas para combater a concorrência no mercado da cachaça. Se quiser saber mais, é só clicar aqui.  

Sobre a necessidade do marketing e branding no universo da cachaça

3

Nós, da cachaça gestor, durante uma pesquisa, descobrimos que uma das maiores dificuldades de um produtor de cachaça está no marketing  e venda de seu produto. Bom, nisso a gente pode te ajudar. Como se sabe, o primeiro passo para uma estratégia de marketing eficiente é o branding. Branding é a administração da imagem da sua empresa, e ele é feito, geralmente, por profissionais da área de comunicação e, é claro, marketing. Essa prática é fundamental para consolidação da marca no mercado e, por isso, merece toda atenção e investimento do empreendedor. Procure por profissionais ou empresas que possam cuidar desta área para você, e tenha certeza de que sua cachaça será lembrada por diversos consumidores de destilados. Vale a pena, viu?  

Sobre a importância das embalagens

garrafas

Este tópico tem bastante a ver com o anterior. Uma boa embalagem é muito importante para o seu sucesso no mercado, afinal, ela é o principal meio de fazer a conexão entre o produto e o comprador. Resumindo, você pode me responder: quem nunca comprou um produto apenas pela embalagem? Para saber mais sobre como investir nesta área, é só clicar aqui!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você pode usar essas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>