Poucos conhecem ou já escutaram falar do indicador que é o Índice de Maturação, que é muito importante para quem produz cachaça ou qualquer produto onde a matéria prima é a cana de açúcar.

Em nosso último post falamos sobre 9 Indicadores para a cachaça que todo produtor deve acompanhar. Agora vamos explicar para vocês o que é e para que serve o Índice de Maturação.

O Índice de Maturação é um indicador para acompanhar o nível de maturação do seu canavial e é calculado da seguinte forma:

IM = °Brix ponta / °Brix base

Onde:

IM < 0,6 Imatura (verde)

IM  entre 0,6 – 0,7 Maturação baixa

IM entre 0,7 – 0,84 Maturação média

IM entre 0,85 – 1,0 Maturação ótima

IM > 1,0 Maturação ultrapassada

Controlando esse indicador, o produtor sabe dizer qual canavial deve colher primeiro ou depois.

Vamos a um exemplo prático: Um produtor tem 2 talhões (Talhão A e Talhão B) com cana de açúcar que utiliza para produção de cachaça. Ao colher e moer a cana dos 2 talhões, ambos apresentam o mesmo grau Brix (21 por exemplo).

Só que o que ele não sabe (pois ainda não realiza esse controle) é que a cana do Talhão A está com o Índice de Maturação 0.7, enquanto a do Talhão B já está com o IM de 0.95.

Ou seja, o Talhão B já está perto do seu ápice. O açúcar presente na cana-de-açúcar não vai mais aumentar. Enquanto que no talhão A, se o produtor aguardar mais, pode chegar a 25 Brix.

Se ele optar em utilizar primeiro o canavial A (baseando-se apenas no brix que ele mede do caldo ao moer), ele vai cortar a cana-de-açúcar com menos açúcar do que poderia obter. E quando terminar esse talhão e for utilizar o talhão B, esse já estará com a maturação ultrapassada.

Vamos a alguns números:

Índice de Maturação

Prejuízo por escolher o momento errado do corte da cana-de-açúcar

Como você pode ver na tabela acima são 77 litros de cachaça que você faz a menos POR DIA. Isso em um período de 180 dias de produção chega a uma marca incrível de 13860 LITROS! Falando de dinheiro, se você fosse vender todo esse volume a granel por um valor de R$4.00/litro, você deixou de faturar mais de R$55.000,00!

Lógico que você não passaria sua safra inteira com esse mesmo grau brix e que existem outras variáveis que podem interferir nesse cálculo, mas eu queria te mostrar o impacto que um pequeno controle e mudança em seu processo pode interferir em seus resultados!

“Mas cana-de-açúcar não é o meu problema!”, você pode dizer. Tenho muita e sempre sobra, além que uso apenas a mesma espécie para todo o meu talhão. Pois bem, o que quero te ajudar é a escolher melhor qual espécie escolher e quando o melhor momento para cada uma. Até dentro de um mesmo canavial, por causa do solo e outras características, você pode encontrar variações se começar o corte de uma ponta ou do seu lado oposto!

Para os próximos conteúdos já estamos preparando um material sobre as melhores espécies de cana para a produção de cachaça e os tratos necessários para o seu melhor desenvolvimento.

Você pode ter muita cana, mas grande parte dos produtores tem também problema com a mão-de-obra. Se com o mesmo volume de cana conseguir fazer mais cachaça, melhor.

Concluindo: Não deixe de acompanhar e gerenciar esse indicador muito importante para seu empreendimento!

E acompanhe as nossas redes sociais:

Instagram | Facebook  | LinkedIn 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você pode usar essas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>