Resgate da alma, a tendência da publicidade

Como vender cachaça para alguém que nunca ouviu falar dela? Esse é o desafio enfrentado por todos os produtores de aguardente. Um modo de ganhar notoriedade no mercado e agregar valor ao seu produto, é valorizar suas especificidades. O quê a sua cachaça tem que faz dela tão especial e saborosa? Estes detalhes são os segredos para ganhar cada vez mais clientes.


O resgate da alma é tendência do marketing atual. Pensar em elementos que possuam significado, história, essência e que consigam, de algum modo, proporcionar uma experiência mais profunda do que simplesmente vender, é algo que tanto os produtores quanto consumidores têm buscado.


Em uma época em que os clientes possuem muita informação e variedade de produtos, buscar elementos que enaltecem a singularidade da mercadoria é um modo de transmitir sensações e sentimentos para o consumidor. A humanização da marca é uma tendência mundial que, no Brasil, é mais recente, mas já está difundida no mercado internacional. Por exemplo, em países europeus, este resgate dos valores e elementos identitários é uma prática constante no mundo das vendas e do marketing de modo geral.


Visibilizar as particularidades e, portanto, o diferencial da mercadoria,  é um jeito de valorizar o produtor. Mostrar como foi produzido e os cuidados envolvidos desde a fabricação até a chegada na mesa do consumidor, garante a qualidade da mercadoria e transmite segurança ao cliente na hora da compra.


Porém, não adianta inventar! Esta estratégia de vendas é eficiente quando construída em fatos reais. Se a identidade do seu produto for baseada em elementos fantasiosos, toda a credibilidade da marca pode ser abalada.


Mostre o que é seu, valorize o seu trabalho


Conhecer as particularidades técnicas, sensoriais e históricas faz com que o produto não seja apenas mais um na prateleira, mas reconhecido como único. Se pensarmos na nossa querida cachaça, toda a dedicação e cuidado para produzi-la pode ser cada vez mais explorado, aliás, precisa ser demonstrado. Sabemos que produzir essa bebida não é fácil. É preciso dedicação e empenho para garantir a qualidade de cada garrafa. Portanto, por que não mostrar para o cliente o quê faz do seu produto ser tão bom e especial?


Seja notado no mercado


Nós do Cachaça Gestor criamos o “Cachaça Rastreada”, selo que permite o conhecimento das particularidades dessa bebida. O selo possibilita que o consumidor tenha acesso a mais informações sobre o processo de produção, como características sensoriais e técnicas do produto, histórico, prêmios, onde foi produzido, além das possibilidades de harmonização da bebida.


Quando a cachaça é rastreada, uma página exclusiva com as informações provenientes do produto abre no celular do consumidor. É possível ver as informações em Português, Inglês, Francês e Alemão. Afinal, como foi visto em nosso último post, o Cachaça Gestor, junto ao Cachaça Hub, exporta para a Europa as cachaças de seus clientes que, com a nossa ajuda, cumprem todos os padrões e exigências para exportação.


Mostre os passos da produção e garanta a qualidade da sua cachaça


Tornar evidentes as particularidades da sua cachaça é valorizar o que você faz de melhor. Além de ressaltar o cuidado e o empenho no processo de produção desta, demonstrar suas particularidades é um modo proporcionar confiança para o consumidor pois, como foi visto, assegura a qualidade do produto. E, convenhamos, sabemos que não há coisa melhor do que estabelecer uma relação de confiança com o consumidor. Ela é a base para criar uma boa fidelização.


Se você tem interesse em destacar a sua marca e buscar relações cada vez mais profundas e fiéis com os consumidores, o projeto “Cachaça Rastreada” é a oportunidade de estabelecer este vínculo com o cliente. Ademais, o selo “Cachaça Rastreada” é pioneiro no ramo da cachaça, mais um motivo para você se juntar a nós, do Cachaça Gestor.


Se você quiser saber mais sobre como adquirir o selo “Cachaça Rastreada”, acesse nossas oportunidades.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

você pode usar essas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>